Eco-Village Community

"Jovem português idealiza cidade ecológica auto-suficiente

Já se imaginou a viver numa comunidade auto-sustentável, amiga do ambiente, em estreita relação com a natureza? Um jovem português, além de sonhar com esse lugar, foi mais longe e projectou-o. A Eco-Village é uma cidade que responde a todas as necessidades fundamentais das pessoas, sem terem de recorrer ao meio exterior para a subsistência e bem-estar."(ler mais)

Rui Vasques, um jovem Designer de Produção Industrial, realizou, no âmbito da sua tese de mestrado,  o projeto "Eco-Village Community".
A comunidade auto-sustentável, idealizada por Rui Vasques, reflete as suas/nossas preocupações com o meio ambiente e a sustentabilidade do Planeta, particularmente no que se refere à ação do Homem nesse meio.
Será que este é um projeto demasiado arrojado? 
Uma cidade auto-sustentável, por definição, produz, recicla e desenvolve-se através dos seus próprios recursos e meios. Essa sustentabilidade apoia-se tanto na produção de alimentos e energia, como na reciclagem do lixo que produz, ou no emprego que gera.
Será que a criação de um tal cidade é possível, ou é apenas uma ficção ou quimera?
Será que a criação de tais cidades tem condições para se realizar nos próximos anos?
Que custos implicaria
Que alterações, aos mais diversos níveis, iria provocar nas vidas das pessoas?   
E, o que aconteceria aos milhões de cidades que já existem, mas que não se encontram minimamente enquadradas neste modelo
Seria possível fazer as alterações necessárias, nas cidades já existentes, para que estas se tornassem auto-sustentáveis? Com que custos e quanto tempo levaria a reconvertê-las?
Cidades "inteligentes", organizadas de tal forma que possam tornar-se completamente auto-sustentáveis e "limpas", parecem saídas diretamente de uma qualquer obra de fição científica.
Mas, comunicarmos a longas distanciasviajar à velocidade do som, ou navegar em veículos submergíveis nos oceanos, foram, também, noutros tempos, ideias extravagantes, contadas em livros de aventuras, de autores  visionários como Júlio Verne.
A sustentabilidade da Terra e  a preservação do ambiente e dos ecossistemas  é, ou deveria ser, uma preocupação de todos nós.
Se muitas das alterações que acontecem no Planeta nada têm a ver com a ação do homem, mas antes com evolução deste imenso sistema vivo, muitas outras foram causadas pela intervenção humana, por más práticas ou mau uso do mundo que nos dá abrigo.
Contudo, apontar dedos acusadores é fácil.  
A evolução da ciência e da tecnologia, nestes dois últimos séculos, foi vertiginosa e permitiu-nos melhorar extraordinariamente a nossa qualidade de vida. As consequências das nossas ações não eram, em muitos casos, previsíveis ou,  ainda que o fossem, não se detinha o conhecimento suficiente para anular, ou minimizar, as consequências das mesmas.  
Chegámos a um momento, da nossa "estadia" na Terra, em que se torna imperativo refletir, repensar, reformular e/ou alterar a nossa forma de conviver com o mundo que nos rodeia, nos abriga e nos sustenta, sob pena de perecermos às mãos da natureza, em virtude dos erros que cometemos contra ela.
Uma Cidade auto-sustentável é, portanto, não uma quimera, mas, sim, uma hipótese credível. Algo a ser trabalhado e estudado.
Para que a Terra, a natureza e nós próprios sobrevivamos, será necessário modificar a nossa forma "indiferente" de estar na vida. 
É urgente repensar o Mundo...    

Comentários

  1. Muito Obrigado pela partilha o texto está muito bom!! Realmente é urgente repensar as estruturas e a conduta humana neste planeta para que nós e as outras espécies possam viver nele em segurança.

    ResponderEliminar
  2. Espero conseguir levar este projeto para a frente pois seria um grande exemplo para um modelo social inovador que junte o conhecimento passado com a tecnologia do futuro, melhorando as nossas qualidades de vida e relação com a natureza

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estarei a "torcer" por si, mesmo que seja necessário reformular algumas partes do projeto, penso que este é o caminho, ou, pelo menos, um dos caminhos.

      Eliminar

Enviar um comentário

Bem-vindo,

As suas opiniões, sugestões, problemas, projetos, propostas de soluções,...são importantes, partilhe-as neste espaço...
Para que este se torne um espaço de diálogo, responderei aqui a todos os comentários. Sinta-se à vontade para comentar também...

Mensagens populares deste blogue

CADERNO DE DUAS LINHAS

O SOBREIRO

LÍDERES E LIDERADOS