O PODER DA PALAVRA - UM ELO FORTE OU UMA TERRÍVEL ARMA?



Pois é, as palavras têm dessas coisas, o efeito e consequências das nossas palavras dependem de como, quando, a quem, com que entoação, com que intenção as utilizamos.
As palavras tanto nos podem integrar, reconfortar, divertir, ensinar, como magoar, ofender ou até destruir.
Por isso, pense, compreenda, observe, imagine, reflita, antes de falar. As suas palavras podem ter o poder de destruir a autoestima de alguém e isso é tanto mais provável quanto mais jovem, frágil ou inseguro for o seu interlocutor.







"autoria Richard Johnson

O abuso verbal não deixa marcas mas pode magoar tanto como o abuso físico. Foi com esta ideia que o fotógrafo Richard Johnson partiu para o trabalho “Weapons of Choice”: se as palavras provocassem marcas físicas levaríamos o abuso verbal mais a sério? As imagens podem ser chocantes — e a ideia é essa mesma: mostrar que provocam dor. Com a ajuda de um maquilhador, foram escritas nos corpos dos modelos palavras associadas à agressão. “Prestamos muita atenção quando um pai abusa de um filho, filha ou mulher, mas acho que a questão é mais profunda. Antes de eles partirem para a agressão física, há um abuso verbal”, disse ao Huffington Post. As fotografias podem ser utilizadas para organizações sem fins lucrativos que apoiam vítimas de violência doméstica, contra crianças ou bullying. “Espero que possam utilizar estas fotos para consciencializar mais gente para este problema”, explica no site dedicado ao projecto."

Comentários

Mensagens populares deste blogue

CADERNO DE DUAS LINHAS

O SOBREIRO

LÍDERES E LIDERADOS